Doleiro pagou voo, diz dono de jatinho usado por Vargas

O empresário Bernardo Tosto – sócio da Elite Aviation, empresa dona do jatinho emprestado pelo doleiro Alberto Youssef ao deputado André Vargas (ex-PT) para uma viagem de férias em janeiro deste ano– confirmou que foi o doleiro quem pagou pelo voo. O empresário falou sobre o caso ao Conselho de Ética da Câmara, que investiga Vargas por quebra de decoro parlamentar devido ao envolvimento com Youssef, preso desde março pela Polícia Federal sob a acusação de comandar esquema bilionário de lavagem de dinheiro. As informações são da Folha de S. Paulo.
 
Tosto foi arrolado como uma das oito testemunhas indicadas pelo relator do caso, o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), mas não aceitou depor pessoalmente – respondeu por escrito a 12 perguntas. Em março, a Folha revelou que Vargas usou o jatinho emprestado pelo doleiro para uma viagem de férias com a família em João Pessoa (PB).unnamed (19)
 
Na resposta enviada ao Conselho de Ética, Tosto confirma que foi feito um vôo comercial em 2 de janeiro de Londrina (PR) a João Pessoa e que uma nota fiscal foi emitida para o serviço prestado. Disse ainda que outra empresa de aviação, não identificada por ele, foi quem fez o contrato com a Elite Aviation.
 
Tosto negou conhecer Youssef e Vargas. Disse ter ficado sabendo do uso do avião por meio do noticiário. O relator planeja concluir a instrução do processo em 40 dias. O advogado de Vargas, Michel Saliba, alega, porém, que o prazo é curto. “Se querem um processo sério, é preciso garantir o direito de defesa”, disse.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s