Aliados de Gleisi lideram pedidos de impugnações

Além de Gleisi Hoffmann (PT) e seu vice, Haroldo Ferreira (PDT), outros sete candidatos, aliados de Gleisi, receberam pedidos de impugnação, a maioria movida pelo Ministério Público Federal, no TRE. Um deles é o próprio presidente do PT, deputado Enio Verri, que vai disputar a Câmara de Deputados. A denúncia contra Verri atenta que o petista acumulou salários em funções públicas. Segundo a impugnação, Verri ocupou cargo comissionado na prefeitura de Maringá ao mesmo tempo em que exercia cargo de professor da Universidade Estadual de Maringá, entre janeiro e julho de 2011.


Já o ex-prefeito de Paranaguá, José Baka (PDT), candidato à deputado federal, teve suas contas julgadas irregulares pelo TCE/PR relativas a convênios firmados na prefeitura. Ademar Costa (PDT), candidato à deputado estadual, foi condenado criminalmente por estelionato, estelionato majorado, formação de quadrilha, corrupção ativa em três ações penais transitadas em julgado – uma ou duas se referem ao caso Banestado – ele era o contador.unnamed

 
Tem ainda mais: Osmar Moreira (PTN), candidato à deputado estadual, foi condenado criminalmente por formação de quadrilha e receptação com decisão transitada em julgado; Alecsandro Cavalcante (PT), candidato à deputado estadual, foi demitido a bem do serviço público do IML do Paraná. Outros dois pedidos de impugnação são contra as candidaturas de André Pioli (PT), candidato à deputado estadual, e Maurício Rivaben (PTN), candidato á deputado estadual.  
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s