Justiça Federal afasta aliado de Gleisi da reitoria do IFPR e determina novas eleições

Justiça Federal afasta aliado
de Gleisi da reitoria do IFPR
e determina novas eleições

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre afastou o ex-deputado Irineu Colombo (PT) do cargo de reitor do Instituto Federal do Paraná e convocou novas eleições para reitor. A ação foi impetrada pelo Sindiedutec que argumenta que o mandato do reitor se encerrou em maio de 2014.

Irineu Colombo é do PT e aliado da senadora Gleisi Hoffmann. Em 2002 se notabilizou pela invasão de uma estrada no interior do Parque Nacional do Iguaçu e foi alvo de protesto de ambientalistas e não se elegeu, em seguida, para novo mandato na Câmara dos Deputados.

No IFPR, Colombo chegou a ficar afastado por cinco meses do cargo de reitor durante as investigações da Operação Sinapse, da Polícia Federal em agosto de 2013 e voltou a ocupar o cargo no início de fevereiro. A investigação da PF apontou que havia um esquema de desvio de dinheiro público da área de ensino a distância do IFPR, cujo a estimativa de prejuízo ultrapassa os R$ 11 milhões.

À época, Colombo afirmou que não sabia o motivo da decisão da Justiça de afastá-lo do cargo temporariamente e considerou a medida como “natural”. Ele alegou que as irregularidades apontadas pela PF foram constatadas pela gestão dele e que inclusive teria ajudado a PF a descobrir o esquema.

20140726-095316-35596654.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s