TRE manda Requião parar de publicar inverdades sobre Beto Richa na internet

Pela segunda vez, o senador Roberto Requião (PMDB) terá de dar espaço para direito de resposta em seu site ao governador Beto Richa (PSDB), por divulgação de inverdades. Em nota em sua página na internet, Requião acusou Richa de frear o desenvolvimento de Campo Largo, ao permitir que a Tritec Motors, que produzia motores flex, deixasse a região.unnamed (15)

O episódio da Tritec ocorreu em 2008, época em que o governador era o próprio Roberto Requião. Richa, então prefeito de Curitiba, nada teve a ver com o ocorrido. Em sua decisão, o juiz Guido José Döbeli, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, chama a atenção para a inverdade.  “É sabidamente inverídica a afirmação que atribui a candidato adversário o comando de privatização de empresa, ocorrida durante governo do qual não participou (…) No caso específico dos autos, falseia a verdade, relativamente a fatos e números facilmente apuráveis, e configura, portanto, afirmação sabidamente inverídica”, afirma Döbeli.

O juiz ordena a publicação da resposta de Richa no site de Requião, para, mais uma vez, restabelecer a verdade. “Será divulgada em até 48 (quarenta e oito) horas, no mesmo veículo, espaço, local, horário, página eletrônica, tamanho, caracteres e outros elementos de realce usados na ofensa”, determina Döbeli.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s