Requião pagou R$ 737 milhões para ‘sócios privados’ da Copel

Quem vê o senador Roberto Requião (PMDB) falando hoje dos “sócios privados” da Copel não imagina que o homem da Carta de Puebla pagou no governo anterior R$ 737 milhões aos “sócios privados”. E nem que Requião, todo faceiro, esteve na Bolsa de Nova York duas vezes batendo o sino do pregão. Requião tenta dissimular, como se no governo anterior a Copel já não fosse uma empresa de capital aberto, com ações negociadas nas bolsas de São Paulo, Nova York e Madri. Mas vejam a alegria dele em Nova York, ao lado do inseparável Rafael Greca.unnamed (90)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s