Evento sobre Síndrome do X Frágil reúne especialistas

O I Encontro Paranaense de Conscientização sobre a Síndrome do X Frágil, apoiado pelo Instituto RIC, aconteceu no sábado (25)

 

Com auditório lotado, o I Encontro Paranaense de Conscientização sobre a Síndrome do X Frágil, apoiado pelo Instituto RIC, organização social do Grupo RIC Paraná, debateu, na manhã de sábado (25), informações importantes acerca da síndrome que é pouca desconhecida e subdiagnosticada. O evento foi organizado pelo Instituto Zeca Muggiati e aconteceu na Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE).unnamed (16)

Cerca de 200 pessoas acompanharam o encontro, que contou com a participação de seis especialistas sobre a síndrome. “A síndrome é pouca conhecida e esbarra no diagnóstico, o evento é uma das maneiras de torná-la pública para a comunidade e também para os profissionais da saúde”, explicou Sabrina Muggiati Abage, coordenadora do Projeto Eu Digo X do Instituto Zeca Muggiati, que tem por objetivo divulgar a doença.unnamed (15)

Os palestrantes do evento debateram a respeito das implicações neurológicas da síndrome, além de informações sobre o atendimento especializado, direitos das pessoas com a Síndrome do X Frágil e também sobre o diagnóstico. “Para nós é muito importante fazer parte de eventos que promovam a divulgação de informações que podem ajudar a diagnosticar e tratar a Síndrome do X Frágil”, afirmou a diretora do Instituto RIC, Luciana Petrelli.

 

Palestrantes:

 

Abertura – Um pouco da história do Instituto Zeca Muggiati

Rafaela Pizzatto Muggiati Kaesemodel e Sabrina Pizzatto Muggiati Abage

Instituto Zeca Muggiati e Coordenadoras do Projeto Eu Digo X

– Aspectos gerais da síndrome do X-Frágil e implicações neurológicas.

Prof. Dr. Sérgio Antônio Antoniuk, Médico, Neurologia Infantil e Professor.

– Atendimento psicológico ao paciente com a síndrome do X-Frágil.

Psicóloga Manuela Christ Lemos, Formada pela UFPR, com especialização em Psicologia Clínica: Terapia Comportamental e Cognitiva.

– Atendimento Psiquiátrico ao paciente com a síndrome do X-Frágil

Dr. Gustavo Manoel Schier Dória, Médico, Psiquiatra

– Direito das Pessoas com a síndrome do X-Frágil

Rosangela Wolff Moro, Advogada, Procuradora Jurídica da Federação Nacional das Apaes (FENAPAES) e Federação Estadual das Apaes – PR.

– Atendimento fonoaudiológico ao paciente com a síndrome do X-Frágil

Marini dos Santos Fussek, Fonoaudióloga, Mestre em Educação – Cognição,

Aprendizagem e Desenvolvimento Humano.

– A síndrome do X-Frágil: O Diagnóstico.

Dra. Ingrid Tremel Barbato, Bióloga, Mestre em Engenharia Química.

– Autismo: Sinais Precoces

Dr. Antônio Carlos de Farias, Médico, Neuropediatria.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s