Copel investe R$ 67,8 milhões para ampliar linha Figueira-PG

A Copel vai reconstruir a linha de transmissão entre as subestações Figueira e Ponta Grossa Norte. Com investimento de R$ 67,8 milhões, a reconstrução vai melhorar as condições de fornecimento de energia para a região de Ponta Grossa. O atual circuito, em operação há quase 50 anos, dará origem a duas novas linhas de transmissão: Figueira – Klabin (46 km) e Klabin – Ponta Grossa Norte (96 km).unnamed (37)

“Por se tratar de um empreendimento da Rede Básica de transmissão de energia, ele vai contribuir para um maior intercâmbio de energia entre as regiões Sul e Sudeste do Brasil, beneficiando o Paraná em época de estiagem no Estado”, diz o presidente da Copel Geração e Transmissão, Sergio Lamy.

O projeto prevê a instalação dos novos circuitos operando na tensão 230 mil volts (kV) em três etapas distintas. A primeira, prevista para meados de 2015, consistirá no seccionamento da linha existente para conexão da fábrica de celulose. Num segundo momento, em 2016, será reconstruído o trecho de linha entre Klabin e Ponta Grossa Norte. Para 2017 está prevista a reconstrução da rede entre Klabin e Figueira.

Também será instalado um novo ponto de conexão na nova fábrica da Klabin Celulose, em Ortigueira. O reforço na rede vai permitir o atendimento adequado à demanda na nova fábrica da Klabin Celulose, favorecendo uma das regiões de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado.

TRABALHO CONJUNTO – A necessidade da reconstrução desta linha na região central do Paraná foi determinada por um trabalho conjunto entre profissionais da Copel que atuam com o planejamento energético, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

“Nossa equipe estuda e conhece detalhadamente as características e possibilidades de melhoria do sistema elétrico do Paraná. Isso nos permitiu antecipar a necessidade do empreendimento e conquistar o direito de realizar esse investimento de grande vulto que vai beneficiar todo o Estado”, afirma o presidente da Copel Geração e Transmissão, Sergio Lamy.

NOVOS EMPREENDIMENTOS – A Copel recebeu nesta quarta-feira (5) autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para os novos empreendimentos. O despacho da Aneel autoriza, ainda, a instalação de novos bancos de capacitores nas subestações Guaíra, com investimento previsto de R$ 5,3 milhões, e Bateias, R$ 14,5 milhões.

Os equipamentos servem para regular a tensão da energia transmitida, permitindo uma operação adequada do Sistema Interligado Nacional (SIN). Quando concluídas, as obras devem render à empresa uma receita anual estimada em R$ 12 milhões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s