Sest Senat Curitiba sedia evento sobre transporte de produtos químicos perigosos

Na ocasião, os participantes conheceram o programa Despoluir, que incentiva os motoristas a ter atitudes mais sustentáveis em relação ao meio ambiente

Atualmente, mais de mil empresas brasileiras que atuam no setor de transporte de produtos químicos perigosos possuem a certificação do Sistema de Avaliação de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Qualidade (Sassmaq). Lançada pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), em 2001, a certificação visa reduzir, de forma contínua e progressiva, os riscos de acidentes nas operações de transporte e distribuição de produtos químicos. O sistema abrange todos os modais de transporte, bem como terminais de armazenagem e estações de limpeza.

Para abordar detalhes e procedimentos do Sassmaq, a Comissão Estadual de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências com Produtos Químicos Perigosos e a unidade do Sest – Serviço Social dos Transporte e do Senat – Serviço Nacional de Aprendizagem dos Transportes de Curitiba promoveram, na última quarta-feira (19), uma palestra ministrada pelo diretor de gestão ambiental da Abiquim, Luiz Harayashiki.

Segundo o tenente Marcos Vidal, representante da Defesa Civil do Paraná na comissão, a certificação é emitida a empresas que cumprem procedimentos para reduzir acidentes nas operações de transporte e distribuição de produtos químicos. “Eventos como esse tem o objetivo de aumentar a segurança e levar para o maior número de pessoas os conceitos de prevenção de acidentes com produtos químicos. “A partir de agora, vamos levar essas informações para o maior número de entidades da sociedade civil paranaense”, explicou o tenente. 240317_457560_foto_5

Para Harayashiki, desde que a certificação foi implantada os acidentes com produtos químicos registraram uma redução de 60%. “Essa é uma atividade de risco e precisamos prevenir e saber agir em caso de acidente, como incêndios e derramamento de produtos”, observou. O diretor da Abiquim destacou a importância da qualificação para essa ferramenta. “Palestras sobre esse tema são fundamentais para divulgar e alertar os transportadores sobre os perigos do transporte de produtos químicos”, afirmou.

Durante o evento, foi apresentado também o projeto Despoluir – Programa Ambiental do Transporte, criado pela CNT – Confederação Nacional do Transporte, em parceria com Sest Senat e Fetranspar – Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Paraná. O objetivo desse programa é orientar os motoristas a fazer a manutenção de seus veículos para reduzir a poluição atmosférica, explicou o dirigente da unidade Sest Senat de Vitorino, Rodrigo Battiston. “O Despoluir tem por objetivo promover o engajamento de transportadores, caminhoneiros autônomos, taxistas e sociedade em ações de conservação do meio ambiente, como forma de colaborar para a construção de um modelo sustentável de desenvolvimento”, completou.

Battiston ainda informou que no dia 27 de novembro, técnicos do Programa Despoluir realizarão uma blitz educativa na cidade de Guarapuava. As aferições serão realizadas a partir das 9 horas, no Auto Posto Bin Ltda (Posto Aeroporto), localizado na Rodovia BR 277, km 349, Jardim Aeroporto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s