Prevenção de quedas é tema de palestra gratuita

Encontro faz parte da programação mensal do VITA Batel voltada para a terceira idade240639_458585_vita_batel

O risco de quedas está presente no dia a dia dos idosos. Após os 65 anos a incidência pode aumentar, resultando em fraturas e ocasionando internação e incapacitação, afirma a fisioterapeuta Chiara Andrade, do VITA Batel.

Estimativa do Ministério da Saúde aponta que uma pessoa com mais de 65 anos, em cada três, sofre com algum tipo de queda. Além disso, dos idosos que caem, um a cada 20 acaba tendo uma fratura ou necessitando de internação. Já dentre os mais idosos, com 80 anos ou mais, 40% caem a cada ano.

Preocupados com os números e focando na prevenção, o programa Viver Mais VITA, promovido mensalmente pelo Hospital VITA Batel, oferece no próximo sábado (29), às 8h30, a palestra “Riscos de quedas na terceira idade”. Chiara Andrade conversará com os presentes no CEVITA – Centro de Estudos do VITA Batel. A palestra será gratuita e aberta ao público.

Durante o encontro a fisioterapeuta vai destacar a importância do conhecimento sobre as principais causas de quedas, suas consequências e formas de prevenção. Segundo Chiara, a queda em pessoas idosas é um evento bastante comum que aumenta progressivamente com a idade em ambos os sexos e em todos os grupos étnicos e raciais. “Embora não seja uma consequência inevitável do envelhecimento, pode sinalizar o início de fragilidade ou indicar doença aguda”, alerta.

Fatores relacionados a quedas:
– Diminuição da forca muscular;
– Osteoporose;
– Anormalidades para caminhar;
– Arritmia cardíaca (batimento cardíaco irregular);
– Alteração da pressão arterial;
– Depressão;
– Senilidade;
– Artrose, fragilidade de quadril ou alteração do equilíbrio;
– Alterações neurológicas (derrame cerebral, Parkinson, Esclerose Múltipla e Alzheimer);
– Disfunção urinária e da bexiga.
– Uso controlado de determinadas drogas;
– Diminuição da visão;
– Diminuição da audição;
– Câncer que afeta os ossos;
– Deformidades nos pés (unhas grandes, joanetes dolorosos,…).

Viver Mais VITA – Melhor Idade: Criado em outubro de 2009, o programa tem como objetivo promover sistematicamente ações de promoção de saúde e prevenção de doenças, com foco na população com faixa etária acima de 60 anos. Os encontros mensais iniciam com um café da manhã, seguido de atividades físicas e culturais e de palestra. O Viver Mais VITA conta com o apoio do LANAC – Laboratório de Análises Clínicas, que oferece exames preventivos gratuitos aos 30 primeiros inscritos. Informações e inscrições pelo telefone: (41) 3883-8414.

Terceira idade – Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que, no Brasil, são quase 21 milhões de pessoas com mais de 60 anos, ou seja, 7,3% dos habitantes do país. No mundo, o número de idosos com idade acima dos 65 anos era de 506 milhões em 2008, segundo o Departamento do Censo dos EUA. A entidade prevê que a terceira idade componha 14% da população global em 2040.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s