Chef Junior Durski é o mais premiado segundo a revista Veja,”De olho por Marco Felipak”

O chef e restaurateur ganhou 3 dos 5 prêmios que concorreu. Carne do Madero é pentacampeã segundo a revista.

Chef Junior Durski

 

A festa de premiação da Veja Comer & Beber Curitiba 2012/2013 aconteceu ontem, dia 30 de agosto, e mais uma vez o chef Junior Durski foi o mais premiado do evento. Ganhou os títulos de Melhor Carne, Melhor Hamburger e Melhor Carta de Vinhos.

 

O título de Melhor Carne ficou, pela 5ª vez consecutiva, com seu restaurante Madero Prime Steakhouse. A Melhor Carta de Vinhos ficou com o Restaurante Durski e garantiu o tricampeonato da categoria. O Madero Burger & Grill ficou com o título de Melhor Hamburger da cidade, nova categoria inserida na premiação deste ano em Curitiba. No ano passado, o mesmo restaurante já havia conquistado o prêmio da mesma publicação com sua unidade em Goiânia.

 

Os títulos são o reconhecimento pelo trabalho do chef que, no ano de 2010, resolveu dedicar-se exclusivamente à gastronomia e abandonou suas atividades no ramo madeireiro, onde atuou por mais de 20 anos. Seus restaurantes Madero e Durski vêm acumulando prêmios anualmente e seus restaurantes Madero Burger & Grill estão em franca expansão. Neste ano de 2012, foram 8 unidades abertas (4 fora do Paraná).

 

NOITE DE AUTÓGRAFOS DE AMAURY JR.” de olho por Marco Felipak”

NOITE DE AUTÓGRAFOS O apresentador Amaury Jr. recebeu amigos e convidados nesta segunda-feira, 6 de agosto, na noite de autógrafos do seu novo livro, “The Best Restaurants São Paulo”, produzido pela editora Boccato e selo Luxx. A festa aconteceu no Club A e o lançamento reuniu Morena Leite, Val Marchiori, Solange Frazão, Agnaldo Rayol, Caio Fisher, Roberta Miranda, entre outros convidados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

HEBE RECEBE O MAESTRO RENATO MISIUK “de olho por Marco Felipak”

No programa “Hebe” desta terça- feira, dia 12, a apresentadora recebe uma apresentação musical pra lá de especial, que mistura o erudito com o popular. A orquestra de Renato Misiuk toca com o cantor Agnaldo Rayol.O maestro Misiuk é fundador do Allegro Coral e Orquestra e trabalha em um projeto que une a música erudita instrumental às batidas do samba e da música eletrônica.

Hebe, valeu o selinho ate por telefone,HEBE RECEBE e o MAESTRO RENATO MISIUK

Hebe, valeu o selinho, até por telefone,HEBE RECEBE e o MAESTRO RENATO MISIUK

MAESTRO RENATO MISIUK SE APRESENTA NO TEATRO GRANDE OTELO  Nesta terça- feira, dia 12 de junho, o maestro Renato Misiuk se apresenta com o grupo Groove Allegro, no tradicional Teatro Grande Otelo, conhecido por receber grandes eventos culturais. O tradicional teatro vai ser palco do espetáculo com mistura estilos musicais em apresentações sofisticadas e inovadoras, para agradar os mais variados gostos.

Recadinho:  “Hebe” vai ao ar de terça- feira, às 10h30 !!!!!!! Não tem como perder.

Sônia Braga, feliz aniversário 8 de junho, atriz brasileira.”de olho por Marco Felipak”

 Sônia Maria Campos Braga (Maringá, 8 de junho de 1950) é uma atriz brasileira.

Sônia Braga estreou na carreira artística aos 18 anos, na peça teatral Hair, da qual foi a grande estrela.

No cinema protagonizou importantes filmes, como Dona Flor e Seus Dois Maridos, Eu Te Amo e A Dama do Lotação. Na televisão, um de seus primeiros trabalhos foi na versão brasileira do programa educativo infantil Vila Sésamo (Sesame Street), em que interpretava a professora Ana Maria, mas seus maiores sucessos foram as telenovelas Gabriela e Dancin’ Days.

A partir de 1985 foi viver nos Estados Unidos da América onde atuou em filmes e programas de televisão, tendo participado da famosa série norte-americana Sex and the City.

Caetano Veloso compôs duas canções inspiradas em Sônia Braga, que são Tigresa, sucesso na voz de Gal Costa, e Trem das Cores.

Prêmios

1981 – BAFTA Awards
Nominated, BAFTA Film Award
Best Newcomer for Dona Flor and Her Two Husbands (1976)

1995 – Emmy Awards
Nominated, Emmy
Outstanding Supporting Actress in a Miniseries or a Special for The Burning Season (1994)

1995 – Golden Globes, USA
Nominated, Golden Globe
Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Series, Mini-Series or Motion Picture Made for TV for The Burning Season (1994)

1989 – Golden Globes, USA
Nominated, Golden Globe
Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Motion Picture for Moon Over Parador (1988)

1986 – Golden Globes, USA
Nominated, Golden Globe
Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Motion Picture for Kiss of the Spider Woman (1985)

2001 – Gramado Film Festival
Won, Golden Kikito
Best Supporting Actress (Melhor Atriz Coadjuvante) for Posthumous Memories (2001)

1981 – Gramado Film Festival
Won, Golden Kikito
Best Actress (Melhor Atriz) for Eu Te Amo (1981)

1996 – Lone Star Film & Television Awards
Won, Lone Star Film & Television Award
Best TV Supporting Actress for Streets of Laredo (1995)

1996 – NCLR Bravo Awards
Nominated, NCLR Bravo Award
Outstanding Individual Performance in Made for Television Movie or Mini-Series for Streets of Laredo (1995)

2008 – Cidadã Soteropolitana

Sua vida no site  http://www.soniabragaonline.com/blog2/

Matinas Suzuki: Boa noite. Nosso programa de hoje tem uma convidada muito especial. No centro do Roda Viva está a atriz Sônia Braga. 

[Comentarista]: Ela já foi Gabriela, Dona Flor e Tieta, símbolos da força e da sensualidade da mulher brasileira. Mas, antes de ser Sônia Braga, foi Sônia Maria Campos que, ao contrário do que muitos pensam não nasceu na Bahia, e sim, em Maringá, no Paraná. Um dos primeiros trabalhos na telinha foi no infantil Vila Sésamo, um sucesso da TV Cultura nos anos 60. Sônia diz até hoje que foram seus melhores anos na televisão. Fez várias novelas na Globo, conquistando o coração do público brasileiro quando interpretou Gabriela, em 75 [A novela Gabriela, que leva o nome da personagem principal da trama, foi escrita por Walter Durst e inspirada no romance de Jorge Amado (1912-2001), Gabriela cravo e canela]. Mais um sucesso, dessa vez no cinema, a sensualidade morena de Sônia incorporou outra personagem de Jorge Amado, Dona Flor, mexendo com o imaginário popular [O filme Dona Flor e seus dois maridosfoi lançado em 1976, dirigito por Bruno Barreto]. “É o ideal da mulher brasileira, qualquer mulher quer ter dois maridos. Ela [Dona Flor] tem o marido, que é o homem dentro de casa, e tem o amor, que é o Vadinho, depois da morte” [depoimento gravado de Sônia Braga]. Vinte anos depois, Sônia Braga vestia as cores essenciais e exóticas de outra personagem de Jorge Amado. O escritor nunca escondeu que ela era sua predileta. Beth Faria [atriz] queria o papel, mas não conseguiu.


“Esta é três vezes minha filha, não é, porque já foi Gabriela, já foi Dona Flor, e porque nós temos também uma ligação de  candomblé.” [Depoimento gravado de Jorge Amado] “É verdade.”[ Responde Sônia Braga na mesma gravação] Com O beijo da mulher aranha [filme de 1985, dirigito por Hector Babenco], ao lado de Raul Júlia [ator porto-riquenho, (1940-1994)] e Willian Hurt [ator norte-americano, ganhou Oscar de melhor ator pelo seu papel no filme, em 1986], Sônia chegou bem perto de Hollywood. Em 86, a produção dirigida por Hector Babenco foi indicada ao Oscar de melhor filme. Sônia se identificou com o profissionalismo americano e mudou-se para os Estados Unidos. Trabalhou em muitos filmes, fazendo, geralmente, papeis que  exploravam o visual exuberante da mulher latina. Estrelou ainda uma nova versão de Gabriela, com Marcelo Mastroianni [ator italiano, (1924-1996)] interpretando um charmoso Nassib. Mesmo longe, em exílio cultural, como ela mesmo costuma dizer, Sônia mantém ligações com o Brasil. Vai a festas do poder quando há visitantes brasileiros, chora a morte dos amigos, entre eles o maestro Tom Jobim [1927-1994], e, se for preciso, até vende sabão. “Não é novela, sou eu mesma, aqui nos Estados Unidos, lavando. Aqui é assim” [trecho retirado de um comercial]. Aliás, limpeza é com ela mesmo. Nos últimos anos, Sônia tem se empenhado em campanhas educativas. É a principal estrela dos Loucos Varridos, grupo que ajuda a manter as ruas um pouco mais limpas. “Estou muito triste com essa sujeira espalhada por esta cidade.” [Depoimento gravado em uma praia do Rio de Janeiro, em um vídeo sobre o trabalho do grupo]

FLORENSE LANÇA NOVA COLEÇÃO “de olho por Marco Felipak”

FLORENSE LANÇA NOVA COLEÇÃO

 No último dia 22 de maio, a Florense, empresa especializada em móveis planejados, recebeu amigos e convidados para o lançamento de sua nova coleção, a Charm Collection. Os convidados aproveitaram para conferir de perto as novas peças.  Entre os presentes estavam Camila Carneiro Johnson, Claudio Guilen Carneiro, Denise Monteiro, Silvia Bitelli, Patricia Rocha, Claudia Elias, Marí Ani Oglouyan, Silmara Salvetti, Diva Almeida, Vinícius Amaral, Lenita Ferrari, Mario Antoniette, Paulo Roberto Evangelista, entre outros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

CASAR2012 AGITA NOITE DE ABERTURA NA CASA PETRA “de olho por Marco Felipak”

CASAR2012 AGITA NOITE DE ABERTURA NA CASA PETRA

 A noite de ontem, dia 23 de maio, foi marcada pelo coquetel de abertura do CASAR2012, idealizado por Vera Simão, na Casa Petra. Entre os convidados que prestigiaram o evento estavam Fernanda Suplicy, Vera Bardella, Cris Armentano, Samuel Cirnansck, Cecília Echenique, Olga Krell, Marina Bandeira Klink, Márcia De Luca, Lucas Anderi, Conceição Amaral, Jacqueline Dallal Mikahil, Fábio Arruda, Mauricio Manieri e Izabelle Stein Manieri, Joia Bergamo, Luciano Mattar e Luciano Martins e Mira Falchi. O CASAR2012 é o evento mais sofisticado do segmento e apresenta todas as novidades e tendências para realizar todos os sonhos que envolvem os preparativos de um casamento, desde o convite até a lua de mel.  FOTOS: MARINHA MALHEIROS

Este slideshow necessita de JavaScript.

  PARA CONFERIR O CASAR2012:
Data: 24 a 27 de maio
Horário: das 14h às 21h
Local: Casa Petra Moema
Avenida Aratãs, 1010
www.verasimao.com.br
Valor do ingresso: R$ 80
Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia-entrada.Pagamento com dinheiro, cartão de débito e crédito.