Flores e cores, imagens que revelam uma visita ao mundo pictórico de Denise Natal.”De olho por Marco Felipak”

Denise Natal

Artista plástica Denise Natal.

Flores e cores.

Trabalhando com a cor onde as imagens são preparadas sobre a tela branca “As flores abstrações da natureza para seduzir o caminho da vida.” surgem na medida inversa em que serão impressas na tela, a artista controla a espessura reduzida da matéria pictórica, impõe o gesto da pintura e congela a imagem.

Surge então manchas que fazem o espectador ser seduzido pela vida relatada sobre a tela.  Não da luta de um elemento contra outro, de uma vertente contra outra, mas da exaltação mútua que governa a sensualidade.

Exaltação mútua que ordena a sua obra revestida de cor matissiana e libera a emoção criação embrionária das suas pinturas, ao mesmo tempo em que geram gestos centrados e ora expansivos, forma racional insiste em reinventar. Por isso são pinturas que não se oferecem ao primeiro momento.
Impossível determinar planos ou privilegiar uma ou outra forma, pois são pinturas que se dão por inteiro e obrigam o olhar a percorrê-las de maneira escorregadia, sem conseguir singularizar qualquer instância.

“É uma pintura onde a reflexão busca plasticamente as tensões que se assentam numa aparente solidez da imagem, mas que se dá como intuição dos fenômenos abstratos impressionistas e dos significados da criação e da expressão da arte”. Em motivos de flores, a artista fala da feminilidade como um universo gerador da vida em energia e também como um modo de vida – do trabalho que as mulheres fizeram e de prazeres que desfrutaram. Mas que se dá como uma nova percepção dos fenômenos e dos significados da criação e da expressão da arte

DSC07694

Para conhecer esse universo faça uma visita ao blog da artista Denise Natal.

http://denisenatal.blogspot.com/