‘Trapalhad​a’ de Dilma atrapalha Gleisi no PR Importante principalmente por causa das palavras na mensagem.

A redução da cota, de US$ 150 para US$ 300, de compras na fronteira, suspensa por seis meses a um ano, é mais um estrago na campanha de Gleisi Hoffmann (PT) ao governo do Paraná. Gleisi esteve sábado (19) e domingo (20) e sequer sabia da portaria de Guido Mantega (Fazenda) publicada na quinta-feira (17) no Diário Oficial da União. Atônitos, Gleisi e parte de seu estafe foram pegos de surpresa em Assunção, no Paraguai, num evento da Itaipu Binacional.2207-gleisi-paraguai
A redução da cota foi manchete nos jornais do Oeste e Noroeste, rádios e TV’s e um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. Até petistas, através da internet, se diziam revoltados com a medida do governo federal. Mesmo com a suspensão da portaria, adiantada por Aloízio Mercadante (Casa Civil), Gleisi enfrentou mais um desgaste na sua campanha. A petista, neste ano, já teve seu nome vinculado a um assessor pedófilo e a um coordenador de campanha, deputado André Vargas (ex-PT), também envolvido com doleiro que lavou R$ 10 bilhões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s